top of page

Organize sua vida financeira em 2023

Organizar sua vida financeira é um passo fundamental para começar a visualizar com mais clareza de onde vem e para onde vão os seus recursos, assim fica mais fácil estabelecer prioridades e definir novos objetivos.


Além disso, é importante lembrar que o início do ano vem com muitos impostos, como IPTU, IPVA, seguros, renovações, boletos do mês de dezembro, o que pode fazer com que esse período seja mais pesado para o seu bolso.


Por esses e outros motivos, você já pode ter se lamentado por não ter conseguido realizar aquela meta pessoal que gostaria, ou pelas finanças pessoais estarem no vermelho e parecer que nunca sobra dinheiro.


Com a virada de ano, além de refletir sobre o que você fez ou não fez, comece a se planejar melhor para o ano que vem aí, 2023 está chegando, e com ele muitas mudanças econômicas, então faça seu planejamento financeiro o quanto antes.


Quem faz planejamento financeiro, não é afetado por crises surpresas. O planejamento anual oferece a oportunidade de revisar formalmente suas metas, atualizá-las e revisar seu progresso desde o ano passado. Se você nunca definiu metas antes, aproveite a oportunidade para formulá-las, para que você possa


Dicas:


  • Calcule seus custos e objetivos financeiros;

  • Plano de impostos;

  • Revise seu plano financeiro;

  • Evite gastos excessivos e desnecessários;

  • Comece uma reserva de emergência.


Rever hábitos é importante se o seu desejo é ter uma vida mais estável financeiramente.


Dificilmente resultados são alcançados com hábitos antigos, pois alguns costumes negativos podem prejudicar muito a saúde do seu bolso.


Alguns gastos de rotina, por exemplo, são invisíveis, uma vez que nos levam a pensar que é uma pequena quantia. Mas, no fim das contas, ao serem somados ao fim do mês, fazem muita diferença no seu bolso.


Por exemplo:

  • Delivery muitas vezes na semana;

  • Gastos exagerados e por impulso;

  • Serviços de streaming que você paga e não utiliza;

  • Anuidade do cartão de crédito;

  • Juros de pagamentos atrasados; entre outros gastos.


No final do ano, esses gastos somam uma quantia que poderia ser usada para pagar uma dívida, fazer investimentos ou, até mesmo, viagens. Portanto, procure identificar esses hábitos e tenha como meta deixá-los para trás.


Mesmo a pessoa mais prudente, não consegue se preparar para todas as crises, como o mundo aprendeu durante a pandemia e muitas famílias aprendem todos os meses. Por isso, pensar no futuro, dá a você a chance de trabalhar as coisas que podem acontecer e fazer o melhor para se preparar para elas.


Estar com a vida financeira em dia é importante em qualquer época do ano.


No ano novo, você pode aproveitar o clima de renovação e ter novas metas, sonhos e manter em mente o melhor de tudo: ter novas oportunidades para alcançar tudo isso.


Lembre-se que é importante não desistir nos primeiros obstáculos. Afinal, é normal ter altos e baixos no caminho que você trilha para organizar suas finanças pessoais, mas o essencial é persistir.


12 visualizações

Comments


bottom of page